Brasil terá rede internacional de boas práticas na gestão da água

A Agência Nacional de Águas (ANA) e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) formalizaram um acordo para criar uma Rede Internacional de boas práticas de gestão dos recursos hídricos.

A proposta foi assinada ao final do “Encontro de experiências pioneiras e inovadoras de iniciativas sociais na gestão da água”, que reuniu representantes de 18 países de 15 a 17 de setembro em Foz do Iguaçu, (PR).

Principal articuladora da rede, a usina hidrelétrica de Itaipu Binacional, por meio do Programa Cultivando Água Boa, irá apoiar o governo brasileiro a tirá-la do papel. “O objetivo da rede é muito mais de articulação e de compartilhamento. Inicialmente, pretende-se identificar as iniciativas que já existem e potencializar o seu alcance. Não queremos criar mais um organismo que vai sobrepor responsabilidades”, explicou o diretor de Coordenação da Itaipu, Nelton Friedrich.

Segundo ele, os detalhes de como se dará o apoio do Brasil à rede ainda serão definidos pelas instituições presentes no encontro ao longo dos próximos meses.  Organizado pela ONU Água, o encontro em Foz do Iguaçu reuniu ganhadores do prêmio Water for Life, que reconhece as melhores práticas de gestão da água no mundo. Nestes quatro dias, organizações de todos os continentes apresentaram suas soluções para o enfrentamento de problemas relacionados à escassez de água e às mudanças climáticas.

http://jornalja.com.br/brasil-tera-rede-internacional-de-boas-praticas-na-gestao-da-agua/